o errado está certo

Hoje foi um dia de sincronicidades e recebi duas mensagens que foram sinal disso mesmo. Eu acredito que tudo o que precisamos vem até nós no tempo exato, por isso, decidi também repassar esta informação porque talvez possa fazer sentido para alguém.  Então a primeira mensagem veio da minha médica que, depois de me ter observado, reparou ter havido um progresso muito mínimo na minha voz mas fez questão de me dizer isto:

Não te esqueças que aconteceu apenas o que tinha que acontecer.

Tudo tem a sua razão e embora ainda não estejas a perceber qual o propósito do que aconteceu não te apresses porque tudo virá até ti na hora certa. Tudo tem o seu propósito. Nunca duvides disso. Por mais difícil que, isto tudo que estás a viver, esteja a ser.  Precisaste de viver tudo isto e mais tarde vais perceber ainda melhor para quê.

Esta mensagem não me trouxe de todo algo de novo, mas eu precisava de a ouvir só para que o desanimo que já estava, novamente, aqui a bater à porta fosse embora.

A verdade é que o óbvio muitas vezes precisa de ser dito para nos relembrar da importância das coisas.  

Bem a cereja no topo do bolo foi quando cheguei a casa e vi uma mensagem de uma pessoa que tenho uma enorme estima a partilhar um vídeo que, basicamente, explicava que:

Embora penses que tens de estar, constantemente, a fazer algo para resolver essa situação que queres resolver, não te esqueças de que esta tua incapacidade de fazer o que queres fazer foi milimetricamente orquestrada e não penses que há acidentes no universo porque o universo é perfeito na sua imperfeição.

E as coisas que te acontecem mesmo que pareçam acidentes elas não acontecem para te tirar do teu caminho, mas exatamente pelo contrário. Acontecem para te por no caminho certo. É como se estivesses a insistir em dar corda a uma coisa que não faz sentido, mas vais insistindo, insistindo e a forma que o universo tem para voltares ao teu caminho, àquilo que, realmente, faz a tua alma vibrar e provocar esses acidentes. Sim poderás não estar a seguir aquilo que querias, mas isso também não quer dizer que o que imaginavas ser o certo / ou melhor para ti o era de facto. Nunca te esqueças de que o universo nunca se engana.

No meu caso, por exemplo, eu insisti em trabalhos que não faziam sentido para mim e em relações altamente tóxicas e isso começou a refletir-se na minha saúde. As minhas enxaquecas pioraram imenso e estava, constantemente, doente porque a minha imunidade começou a baixar. Trabalhava muitas vezes entupida de comprimidos para as dores para não faltar ao trabalho e um dia o universo decidiu apagar-me todas as luzes dando-me um aneurisma cerebral que rebentou. De outra forma eu não tinha parado de dar corda aquilo que me parecia ser a única solução. Fui até as últimas instâncias. E desde aí não param de cair fichas de tudo aquilo que andei a fazer contra o meu propósito e como o universo é perfeito na sua imperfeição.  

O que quero dizer é que, às vezes, pensamos que temos que fazer e insistir até conseguirmos atingir o que nos propomos e forçamos de tal maneira que não vemos mais nada a não ser aquilo que idealizamos na nossa cabeça. Não conseguimos sequer ponderar que poderá haver tantas outras possibilidades e que elas possam fazer ainda mais sentido para nós.

 O que acho é que por muito que custe, se estamos a sentir o que sentimos, neste exato momento, e a passar pelo que estamos a passar é por uma razão. Pela razão de termos de sentir todas as emoções que precisamos de sentir porque se elas existem dentro de nós precisam expressar-se, de existir. E camuflá-las é como deitar o lixo para debaixo do tapete. Não é boa ideia.

Por isso permite que todas essas emoções existam e não queiras andar sempre a querer arranjar soluções mágicas aqui, ali ou acolá para limpar tudo que vai dentro de ti de uma vez por todas. E depois sim. Depois já podes ser digno de viver e ser uma pessoa fantástica tal dizem por aí aos quatro ventos. E depois vem sempre um outro depois. Ficas confuso com tanta informação não para de circular de lado para lado e te entope a cabeça, mas, sobretudo, o coração. Acredito que a uma dada altura acabas por chegar à conclusão de que foste tudo menos aquilo que, realmente, és. Foste uma mescla maluca de cursos e mais cursos, de mentores feitos em “panelas de pressão” e que poucos são os que aplicam o que apregoam. E nisto estiveste mais focado em recolher e replicar informação do fantástico do que, propriamente, a olhares para dentro de ti com simplicidade e a seres tu próprio. 

Nós somos humanos e as emoções fazem parte de nós e são importantes para a nossa evolução e maturidade emocional. Tudo é um processo e se precisas de sentir tudo isso que estás a sentir neste momento é porque faz parte. Permite-te sentir cada emoção tal e qual como ela é e assim vais efetivamente libertar-te de tudo o que pesa dentro de ti.

O certo é que ainda não sabemos o propósito final de tudo isto que estamos a passar, por isso, há dificuldade em perceber as tantas coisas que nos acontecem. Coisas estas que nos magoam, pesam, culpam, nos causam raiva, tristeza, frustração e umas tantas outras emoções. E elas são tão fortes e muitas delas já nos acompanham há tanto tempo que nos faz, por vezes, questionar tudo e todos e até mesmo o nosso lugar no mundo.

Quantas vezes pensamos que libertar é evitar uma determinada emoção? E queremos sempre fazer algo para evitar a culpa, a tristeza, a raiva, no fundo a dor que qualquer emoção nos pode provocar. Ao fazermos essa tal coisa, seja lá o acto que for, vamos assim evitar de chorar, de gritar de sentir aquela emoção que está dentro de nós a fervilhar. Vamos apenas camuflá-la. Por isso chora o que tiveres de chorar, grita ou faz o que for preciso para libertar essas emoções que existem dentro de ti.  É assim que as energias dessas emoções acabam por se libertar. Deixa-as existir porque elas também são importantes. Elas também contam uma história.  Elas fazem parte de ti como qualquer outra coisa e são elas que te vão permitir evoluir.

Mesmo quando o maior desespero pairar na tua cabeça acredita que mesmo carregando o maior peso do mundo o certo é que tudo tem um propósito.

A palavra chave é: Confia.

Porque um dia vais acabar por perceber que o errado nunca poderia ter dado tão certo!

Bem estas mensagens foram mesmo importantes para mim. E é claro que é importante não esquecermos que não vamos ficar sentados à espera que o universo trabalhe para nós e faça tudo sozinho. É óbvio que temos de fazer a nossa parte, mas tudo sempre com um peso e uma medida e certo que se correr mal estaremos amparados. Mesmo que haja um desvio acabamos por ser postos no caminho certo. E é de facto fundamental olharmos para o que temos dentro de nós e não querer anular ou esconder.

 Agora gostava de te perguntar:

Já te apercebeste do que foi “milimetricamente orquestrado” na   tua vida?

Que “acidentes” é que o universo já causou na tua vida?

O que é que já tentaste fazer vezes sem conta e nunca consegues, seja lá pela razão que for? Que emoção é que estás a tentar camuflar?

Categorias Sem categoria

2 opiniões sobre “o errado está certo

  1. Quando algo de mau acontece, reflito muito sobre o motivo, mas é difícil de percebê-lo.
    Tudo se reflete no corpo, seja bom ou mau.
    Spinoza disse que está tudo já estabelecido para que aconteça. Tenho dúvidas.

    Gostar

    1. É perfeitamente normal isso acontecer porque quando estamos dentro das situações não conseguimos ter clareza uma tao grande por várias razões. Por vezes demora um bom tempo até conseguirmos perceber melhor. É como se o tempo nos desse as peças do puzzle que faltam para as irmos encaixando melhor :).
      E sim é verdade tudo se reflete no corpo . Ele mostra aquilo que a nossa mente vibra e ás vezes queremos ignorar os sinais que ele nos dá querendo fazer dele uma máquina.
      🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Hours É proibida a cópia do conteúdo aqui exposto sem que seja referida a devida fonte do mesmo
Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close