o que andas a ouvir?

Adoro música. Ela tem o poder de mexer com as minhas emoções de uma maneira muito especial e quem me conhece, minimamente bem, sabe disso. E, sabe também, que adoro “receber música”, isto é que partilhem comigo músicas que aprecio e que de certa forma são capazes de despertar em mim emoções ou sensações. É muito frequente eu associar músicas e cheiros a pessoas ou momentos que vivi. Adoro essa combinação. É o que chamaria de combinação perfeita! ❤

É muito engraçado quando, em conversa com amigos, depressa vou buscar uma música para complementar aquilo que estamos a falar ou a querer transmitir. Confesso que gosto muito de prendar as pessoas que gosto com músicas que me tocam a alma e que adoro quando fazem o mesmo comigo. Uma sintonia de gostos musicais é algo que me deixa mesmo muito contente. 🙂

Afinal, quem é que nunca ficou com uma música no ouvido o dia todo?

Quem é que nunca mudou o seu estado de espirito ao ouvir uma determinada música?

Muitas músicas têm a magia de me “puxar para cima” enquanto que outras levam-me até às minhas mais profundas tristezas e ao mundo da nostalgia. Pois é verdade, algumas também nos puxam mais para baixo e levam-nos a ficar no nosso casulo, mas isso também faz falta e sabe bem. O importante é não nos mantermos lá fechados mais tempo do que devíamos!

Outras fazem-me viajar ao passado e relembrar momentos que me marcaram. Trazem à memória sítios, pessoas e momentos únicos que nem imaginava que iam ficar registados na minha memória. Pelo menos ao ponto de serem reactivados, mais tarde, por uma simples música! Para mim este é um dos poderes que as músicas que ouço têm. Mas elas também me fazem fantasiar o futuro com um sorriso no rosto e coragem no coração.

Mas gosto, especialmente, que elas aflorarem as minhas emoções. Eu sou muito sensível e vivo as coisas intensamente. Até aquelas mais simples. Na verdade, são as mais simples que mexem mais comigo e uma boa música é exemplo disso mesmo. É capaz de mudar o meu dia, de me inspirar imenso e de transformar a minha energia menos positiva em energia pura. Adoro, por exemplo, meditar, tomar banho, cozinhar ou de conduzir com uma boa música de fundo e, embora seja ainda um desafio para mim, gosto muito de escrever com música a acompanhar-me. ❤

Muitas vezes dou por mim a sentir falta de algo e ao recorrer a minha playlist, por exemplo, acabo por me sentir muito melhor. É como se a música depressa preenche-se aquele vazio dentro de mim.

Para mim a música influencia muito a vibração da minha energia e, por isso, uso-a a meu favor como que um antídoto para me dar aquilo de que estou a precisar em determinado momento.

É verdade que me revejo em muitas delas e, por vezes, em enviar palavras aos que tenho mais apreço arrisco-me a enviar músicas para que possam ouvir e sentir a vibração do que quero transmitir. É arriscado eu sei mas gosto de desafios e de coisas comuns já estou eu cheia. Há dias assim e, no fundo, para quem já me conhece bem o desafio acaba por ser bem aceite. É algo tão simples mas que valorizo muito. É assim que, por vezes, ouso também decifrar a vibração em que determinada pessoa se encontra. Através do que ela esta a ouvir no momento.

O que ouvimos influencia a nossa vibração sem dúvida, por isso, agora ouso perguntar-te:

o que andas a ouvir? É isso que queres, na verdade, vibrar?

E agora mesmo, ao ouvir a música que está a tocar, escolho ter o seguinte mantra:

Partilho aqui uma combinação de letras e vozes que para mim são, simplesmente, perfeitas. Gosto mesmo muito ❤

16* o errado está certo Os meus cinco minutos

Hoje foi um dia de sincronicidades e recebi duas mensagens que foram sinal disso mesmo. Uma é que  aconteceu apenas o que tinha que acontecer e a outra é que nunca te esqueças de que esta tua incapacidade de fazer o que queres fazer foi milimetricamente orquestrada e não penses que há acidentes no universo porque o universo é perfeito na sua imperfeição. Mesmo quando o maior desespero pairar na tua cabeça acredita que mesmo carregando o maior peso do mundo o certo é que tudo tem um propósito. A palavra chave é: Confia. Porque um dia vais acabar por perceber que o errado nunca poderia ter dado tão certo! — Support this podcast: https://anchor.fm/sofiagomes/support
  1. 16* o errado está certo
  2. 15* O que andas a ouvir?
  3. 14* Deixei-te ir
  4. 13* … mais do que um simples ditado…
  5. 12* Uma vida por detrás da Esclerose Múltipla
Categorias Sem categoria

2 opiniões sobre “o que andas a ouvir?

    1. Não conhecia esta melodia. Muito obrigada por me prendar com uma música tão bonita ! Gostei mesmo muito. 🙂

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Horas É proibida a cópia do conteúdo aqui exposto sem que seja referida a devida fonte do mesmo
Create your website with WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close